"Quero imaginar sob que novos traços o despotismo poderia produzir-se no mundo... Depois de ter colhido em suas mãos poderosas cada indivíduo e de moldá-los a seu gosto, o governo estende seus braços sobre toda a sociedade... Não quebra as vontades, mas as amolece, submete e dirige... Raramente força a agir, mas opõe-se sem cessar a que se aja; não destrói, impede que se nasça; não tiraniza, incomoda, oprime, extingue, abestalha e reduz enfim cada nação a não ser mais que um rebanho de animais tímidos, do qual o governo é o pastor. (...)
A imprensa é, por excelência, o instrumento democrático da liberdade." Alexis de Tocqueville
(1805-1859)

"A democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas." Winston Churchill.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

ANOTHER BRICK IN THE WALL




(Pink Floyd) Another Brick In The Wall - Gabriella Quevedo

Gabriella9797
15 de dezembro de 2017

ASTURIAS

DOMENICO SCARLATTI - SONATA IN A MAJOR, K 322 - PLAYED BY SCOTT TENNANT




Domenico Scarlatti - Sonata in A major, K. 322; played by Scott Tennant

15 de dezembro de 2017

"YESTERDAY"

AUTUMN LEAVES - YENNE LEE PLAYS




Autumn Leaves - Yenne Lee plays 2004 Pepe Romero Jr.

Guitar Salon International




15 de dezembro de 2017

SCOTT TENNANT PLAYS SEGOVIA'S RAMIREZ - PARTE 2



Scott Tennant Plays Segovia's Ramirez, Part 2

Guitar Salon International
15 de dezembro de 2017

SCOTT TENNANT PLAYS SEGOVIA'S RAMIREZ - PARTE 1



Scott Tennant Plays Segovia's Ramirez, Part 1

Guitar Salon International
15 de dezembro de 2017

DECÁLOGO DO CONSERVADORISMO

https://www.youtube.com/watch?v=KpK4Yn5GKOk26 out. 2016 ... Conservadorismo não é nem uma doutrina e nem uma ideologia. Não existe um modelo ideal de conservador, mas existem alguns princípios... 10 Princípios Conserv...
15 de dezembro de 2017

SANATÓRIO GERAL: GUERRILHEIRO DE FESTIM

José Dirceu promete comandar a revolta popular em Porto Alegre contra a condenação de Lula refugiado no seu apartamento em Brasília a 2 mil km de distância

Ex-ministro José Dirceu é transferido para o CMP (complexo médico penal) na região metropolitana de Curitiba (Rodolfo Buhrer/Reuters)


“A hora é de ação, não de palavra. De transformar a fúria, a revolta, a indignação e mesmo o ódio em energia, para a luta e o combate. Todos em Porto Alegre no dia 24, o dia da revolta. É hora de denunciar, desmascarar e combater a fraude jurídica e o golpe político”. 

(José Dirceu, guerrilheiro de festim, prometendo ir à luta em defesa de Lula com a mesma fúria, revolta, indignação, ódio e energia com que se entrincheirou atrás da máquina registradora do Magazine do Homem, em Cruzeiro do Oeste, esperando obedientemente a decretação da anistia depois que voltou do exílio no fim dos anos 70)

15 de dezembro de 2017
Augusto Nunes, VEJA

GEDDELINHO, O DOCE FACÍNORA CURIOSO

Que lindo! Geddelinho, o jagunço do dinheiro público mais bem sucedido da Bahia, quer saber quem dedurou seu bunker onde os milhões roubados estavam escondidos

Homem de retidão inquestionável, e típica meiguice soteropolitana, certamente quer apenas congratular o cidadão de bem que fez a denúncia anônima e, quiça, oferecer um venusto bouquet de flores para sua futura viúva.


15 de dezembro de 2017
in selva brasilis

EMPRESAS JÁ 'CAPTURARAM' AGÊNCIAS REGULADORAS

REGULADORAS ESTÃO NAS MÃOS DE PREPOSTOS DOS SETORES REGULADOS
REGULADORAS ESTÃO NAS MÃOS DE INDICADOS PELOS SETORES REGULADOS

Foi positiva a ideia de criar as agências reguladores como órgãos de Estado, dirigentes com mandato e independentes de governo, mas, com o passar dos anos (e de vários governos), acabaram “capturadas” pelas empresas que deveriam fiscalizar. Na Aneel, por exemplo, as empresas distribuidoras de energia, com apoio do secretario-executivo do Ministério de Minas e Energia, já tentam emplacar um preposto para sua direção, que tomará decisões sobre temas sensíveis para o setor. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O mais cotado para o colegiado da Aneel é Marco Delgado, diretor da Abradee, a associação das empresas de energia elétrica.

A história da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) registra vários casos de dirigentes indicados por empresas de planos de saúde.

Os cargos de direção nas “agências reguladoras” estão entre os mais desejados em Brasília. Até porque pagam bem. Em todos os sentidos.

15 de dezembro de 2017
diário do poder

MPF VAI FOCAR EM 2018 A "DIPLOMACIA" DO PT

A partir do ano que vem, o Ministério Público Federal pretende sistematizar e aprofundar suas investigações sobre a atuação internacional do governo no período 2003-2015.

Nesse período, alegadas prioridades de política externa teriam servido de pretexto para ações que resultaram danosas aos interesses econômicos e financeiros do Brasil, como foi o caso da encampação das refinarias da Petrobras na Bolívia.

Nos anos de governo do Partido dos Trabalhadores, a política externa brasileira foi, no essencial, formulada e conduzida diretamente pela própria Presidência da República, por intermédio de uma ativa e influente secretaria de assuntos internacionais.

Como as opiniões e decisões tomadas por essa secretaria muitas vezes conflitava com aquelas do quadro profissional da diplomacia brasileiras, tratou-se de colocar na chefia do Itamaraty diplomatas dóceis aos comandos do Partido dos Trabalhadores.

Nos mandatos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Ministério das Relações Exteriores ainda chegou a desfrutar de respeito junto ao poder, com a dobradinha dos embaixadores Celso Amorim-Samuel Pinheiro Guimarães nos postos de comando da Casa.

No caso de Amorim, talvez em busca de melhor aceitação por parte dos donos do poder, trocou ele em 2009 trocou sua filiação no PMDB por outra, no PT.

Durante os anos de governo Dilma essa influência da Presidência da República nas questões de política externa de interesse do PT (em particular na América Latina e África) tornou-se ainda mais acentuada.

Nessa etapa, embora não mais tivesse qualquer cargo público, foi notável o ativismo do ex-presidente Lula que muitas vezes pareceu mais atuar como promotor de interesses de construtoras brasileiras. No Itamaraty, tratado com desrespeito pela Presidente, sucederam-se três ministros notavelmente inexpressivos.

Voltemos à Bolívia. Em 1º de maio de 2006, alegadamente com a concordância tácita do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o recém-eleito presidente boliviano Evo Morales promoveu militarmente a ocupação das refinarias, seguindo-se, em setembro, o decreto de sua nacionalização.

No processo negociador que se seguiu, com vistas ao ressarcimento da Petrobras (que pleiteava por seus ativos pelo menos $200 milhões, mas que por decisão do Governo Federal acabou por se contentar com cerca de US$ 100 milhões) houve o envolvimento nas discussões da então ministra Dilma Rousseff.

Mais, os arquivos do Itamaraty revelam que nesse processo, na condução das relações com a Bolívia teve preeminência o professor Marco Aurélio Garcia, falecido em julho passado.

Em artigos subsequentes, abordaremos as investigações já em curso pelo Ministério Público, onde se busca identificar tráfico de influência em operações em Cuba, Republica Dominicana, Peru Venezuela e países do círculo de simpatia do PT na África, que recebiam financiamentos do BNDES para grandes obras sem que contassem órgãos de controle e auditoria interna independentes.


15 de dezembro de 2017
Pedro Luiz Rodrigues é jornalista, com atuação nos mais importantes veículos do País, e diplomata.

'BONECA TRANS' É DISTRIBUÍDA PELO GOVERNO DE GOIÁS ÀS CRIANÇAS

GOVERNO DE GOIÁS DÁ 'BONECA TRANS' A CRIANÇAS E PAI SE REVOLTA

“VOCÊ ABRE A BONECA, TEM BATOM, DÁ PARA VER, É MENINA.. MAS AÍ, VOCÊ VAI TIRAR A ROUPA DA BONECA....TEM CABIMENTO UM NEGÓCIO DESSE?”, DIZ O HOMEM NO VÍDEO


Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra a indignação de um pai ao mostrar uma boneca que teria sido doada pela prefeitura do Novo Gama (GO). O brinquedo, que seria entregue a uma criança, é uma "boneca transgênero".

A boneca tem batom e detalhes afeminados, mas na verdade é um boneco, com órgão sexual masculino. Em vídeo, ao mostrar a boneca, o homem aponta as características femininas. Mas quando tira a roupa, ela tem o órgão sexual masculino. A situação pode gerar confusão para as crianças.

No vídeo, o homem mostra a logomarca do Governo de Goiás, tanto na embalagem quanto na roupa da boneca. “Você abre a boneca, tem batom, dá para ver, é menina.. mas aí, você vai tirar a roupa da boneca....Tem cabimento um negócio desse?”.

O governo de Goiás e a Prefeitura de Novo Gama foram questionadas, mas ainda não responderam.




0:42
Boneca Transgênero

15 de dezembro de 2017
diário do poder

BRUTALIDADE CRIMINAL




É tão triste quanto espantoso o número de policiais mortos no cumprimento do seu dever, em confrontos com o crime, para proteção da sociedade e manter ainda tremeluzente a chama da supremacia da lei. Sucedem-se os fatos, passam-se os dias, e cai sobre cada óbito o soturno silêncio da banalização. Nenhum porta-voz da esquerda local vai aos microfones condenar a brutalidade criminal, solidarizar-se com familiares dos mortos. Nenhum cronista bate dedos o teclado do computador para expressar sua compaixão pelos agentes da lei. Nenhum sociólogo de plantão, nenhuma ONG promotora de direitos humanos diz algo a respeito. No entanto, com quanta freqüência se lê sobre a “brutalidade das ações policiais”!

Não passa pela cabeça de quem quer que seja – surpresa minha! – indagar quais os materialmente mais desfavorecidos nesses confrontos. Os policiais ou os bandidos? Quem tem mais dinheiro no bolso? Quem porta a arma mais sofisticada? Quem é mais “oprimido”? Quem está do lado da sociedade e quem está contra ela?

A brutalidade criminal ocorre todo dia, toda hora, com requintes de crueldade, não respeitando criança, menor, mulher, pobre, rico, juiz de direito ou policial. No entanto, quando um destes últimos, no arriscado exercício de seu dever, sob fogo dos bandidos, dispara sua arma, matando ou ferindo algum deles, logo sai para a rua o bloco dos pacifistas seletivos, pronto para condenar a “truculência” dos agentes da lei. E eu já não me surpreendo mais com isso. Portanto, chega de brutalidade criminal! Policial também é gente e tem direitos humanos!

Que fique claro. Toda pessoa é detentora de direitos inalienáveis. O criminoso decai de alguns direitos civis, mas não perde sua condição humana e não deve ser objeto de maus tratos. Mas é inaceitável demasia atribuir-lhe, no choque com as forças da lei, prerrogativas e zelos que a estas se recusa. Tal mentalidade entrega ao crime parcelas cada vez maiores de nossas cidades. Olhe à volta, leitor, e saiba: tem gente por aí que, sob motivações ideológicas, acha tudo muito conveniente e joga o jogo da tolerância para com o crime e da intolerância para com a ação policial. Use seu voto para afastá-los do poder.


15 de dezembro de 2017
Percival Puggina

IAS CONTADOS! SÉRGIO MORO ESTÁ PRONTO PARA DAR NOVA SENTENÇA A LULA!